Fonoaudiologia a favor do rejuvenescimento
9 de Março de 2010

Yasmin Frazão e Silvia Manzi

A fonoaudiologia estética facial é o mais novo tratamento não invasivo no combate ao envelhecimento do rosto. Ao contrário da ginástica facial, atua nos músculos da fala e mímica da face, mastigação e deglutição para atenuar as marcas de expressão. Conheça o trabalho de duas fonoaudiólogas que testaram, aprovaram e estão aplicando o tratamento.

Depois de trabalhar por quase trinta anos na área clínica e com um respeitável currículo que inclui atendimentos em consultórios e aulas em universidades, as fonoaudiólogas Yasmin Frazão e Silvia Manzi decidiram enveredar pela fonoaudiologia estética. Começaram testando os recursos técnicos da área. “Eu gostaria de envelhecer com uma aparência saudável, sem fazer uso de cirurgias ou métodos invasivos, por isso, resolvi apostar no tratamento”, explica Yasmin. E os resultados surpreenderam! “Pude notar um alívio da expressão dos olhos e até o desaparecimento de pequenas rugas”, conta Silvia. Após um curso de aperfeiçoamento, as profissionais começaram a aplicar a fonoaudiologia estética facial em seus clientes.

O tratamento consiste em exercícios para alongar e tonificar a musculatura facial, controlar o padrão de mastigação, deglutição e fala e massagens para deixar a pele mais viçosa. Os exercícios e massagens são simples e integrados à rotina diária do cliente como: fazer massagens ao passar os cremes pela manhã e à noite, ou mastigar um determinado alimento, de forma correta, durante uma das refeições do dia. Alguns desses exercícios serão abolidos quando o cliente aprender o novo padrão de fala e mímica facial. Outros – como as massagens faciais – deverão ser feitos por toda a vida.

A fonoaudiologia estética facial é diferente da ginástica facial, em que um mesmo movimento é repetido com determinados grupos musculares da face e tem efeito limitado para atenuar os sinais de envelhecimento. “Nós reorganizamos a movimentação funcional dos grupos musculares da face e trabalhamos principalmente as funções orais (fala, mastigação, deglutição e respiração)”, explica a dupla de profissionais.

O resultado do tratamento é a suavização de rugas e marcas de expressão e a melhora na definição de contornos, que contribuem para o rejuvenescimento do rosto e do pescoço. E o melhor: a manutenção de uma aparência rejuvenescida por mais tempo.

Jornalista responsável: Sandra Nedopetalski
snedo@terra.com.br